Lista negra de sites que devem ser evitados pelos brasileiros

Já são mais de 400 sites na lista negra do Procon, são sites que o consumidor brasileiro deve evitar, 406 sites (lojas virtuais) que oficialmente apresentam riscos ao consumidor brasileiro.

A lista informa o endereço do site em ordem alfabética, razão social da empresa, número do CNPJ ou CPF e a condição “fora do ar” ou “no ar”.

Após o Procon-SP receber reclamações sobre esses sites, o órgão tentou resolver o problema e não houve resolução mesmo após a notificação, na maioria dos casos as reclamações são produtos não entregues, ficando claro que esses sites na verdade se tratam de lojas virtuais fraudulentas.

Arthur Góes, diretor executivo do Procon-SP explica que esses fornecedores são localizados através do rastreamento no banco de dados de órgãos como a Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR, departamento responsável pelo registro de domínios terminados com “.br”.

Dicas para evitar golpes na internet

  • Consulte essa lista antes de efetuar uma compra pela internet;
  • Conheça o “Guia de Comércio Eletrônico” criado pelo Procon;
  • Procure sempre saber se a empresa possui CNPJ;
  • Desconfie de preços e vantagens”divinas” demais;
  • Pesquise na internet a reputação do site;
  • Dê preferência para sites recomendados por amigos e ou familiares;
  • Tente contato por telefone com a loja antes de efetuar a compra.

Confira a lista: “Evite esses sites“.

Para maiores informações ou denunciar alguma fraude visite o site do Procon: Fundação Procon SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *