Lojas virtuais não recomendadas pelo Procon

Lista negra de sites e lojas virtuais atualizada

Sites maliciosos e fraudulentos não são novidades, mas em algumas épocas como agora no final do ano, tendem a aumentar o número dessas lojas, recomendamos alguns cuidados e muita atenção na hora de comprar os presentes de natal online.

O Procon da São Paulo vem trabalhando há mais de um ano em uma lista com os sites que devem ser evitados por já terem sido alvos de reclamações de usuários lesados, essa lista esta sendo atualizada e, hoje, já conta com 323 endereços (lojas virtuais não recomendadas).

Uma recente reportagem do Globo, 18 sites foram incluídos apenas agora em setembro e começo de outubro. O pior é que dez desses sites ainda estão no ar. Isso não quer dizer que a lista esta completa, o jornal menciona, por exemplo, o JFD Eletrônicos e o Barato a Jato (já lesaram centenas de clientes em 2013), que estão enganando muitos consumidores no país mas ainda não foram citados na lista do Procon, mas estão entre as mais recentes suspeitas em e-commerce no Brasil recentemente.

Algumas dicas para evitar prejuízos são: desconfie sempre, essa é a principal dica para não cair nesses golpes, não acredite em milagres, preços absurdamente baixos, caso encontre alguma oferta muito boa, faça uma pesquisa sobre a loja, tente obter informações sobre a reputação da loja em sites especializados como o Reclame aqui, pesquise sobre a loja, procure no google se existem reclamações ou caso de fraude, sempre entre em contato com a loja antes de comprar, caso a loja ofereça um telefone para contato e o atendimento seja bom, já pode ser um bom sinal mas não é garantia de confiança e confira a lista do Procon.

Confira a lista de lojas virtuais não recomendadas pelo Procon atualizada, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *